NÓS, PESSOAS DE PEQUENA FÉ - 30 de outubro de 2019

Publicado em Mensagem da semana, por Redação no Cenáculo em 27/02/2020


30 de outubro (quarta-feira)
Leia Marcos 5.24-34

A minha palavra e a minha pregação não consistiram em linguagem persuasiva de sabedoria, mas em demonstração do Espírito e de poder, para que a fé que vocês têm não se apoiasse em sabedoria humana, mas no poder de Deus. 1 Coríntios 2.4-5

Quando minha tia estava fazendo exames para verificar se tinha uma doença potencialmente fatal, comecei a orar desesperadamente para que, se tivesse a doença, ela fosse curada. Eu me preocupava, porém, que minha fé precisasse ser sólida para que Deus me ouvisse, e eu não achava que minha fé fosse assim tão forte. Então me lembrei da história da mulher que havia sangrado por anos e se espremeu por entre a multidão para tocar as vestes de Jesus, acreditando que seria curada. Jesus a elogiou por sua fé e depois a curou. Muitas vezes, achamos que essa mulher tinha uma fé suprema. No entanto, nos doze anos anteriores ao encontro com Jesus, ela havia esgotado todas as outras opções. Quando ela o procurou, estava desesperada. Tudo que lhe restava era sua crença no poder de cura de Jesus. A ideia de uma fé enorme é intimidante. Nós nos perguntamos: Como posso ter fé grande o suficiente para isso? Mas Jesus nos diz: “[…] se tiverem fé como um grão de mostarda, dirão a este monte: ‘Mude-se daqui para lá’, e ele se mudará. Nada lhes será impossível” (Mateus 17.20). Esse versículo me ajuda a perceber que a questão não é o tamanho da nossa fé, mas o tamanho do poder de Deus. Em qualquer situação, Jesus ouvirá nosso clamor.

Oração: Senhor amado, ajuda-nos a buscar-te em qualquer circunstância, sabendo que tu nos ouvirás. Em nome de Jesus. Amém.

Pensamento para o dia: O poder de Deus é maior do que qualquer coisa que eu possa enfrentar.

Oremos por alguém que esteja aguardando um diagnóstico.

Dorcas Buckley (Washington, EUA)


Posts Relacionados


Deixe seu comentário:

=