UM TÍTULO ADEQUADO

Publicado em Mensagem da semana, por Redação no Cenáculo em 31/03/2020


Leia Juízes 6.11-16
 
Então o Anjo do Senhor lhe apareceu e lhe disse: – O Senhor está com você, homem valente. Juízes 6.12
 
Homem valente. Que saudação estranha! O título não parecia se ajustar a Gideão. Ele não parecia um herói corajoso. Parecia mais um fazendeiro assustado. Ele estava debulhando o trigo em segredo para escondê-lo dos invasores. Temeroso e desencorajado, estava convencido de que o Senhor havia abandonado seu povo. Mais que isso, Gideão se considerava a pessoa menos importante em sua família. Como poderia ser chamado de homem valente? E como o Senhor podia confiar a ele a tarefa de resgatar o povo de Deus?
Ao meditar sobre essa história, posso entender a relutância de Gideão em aceitar o título e a tarefa elevados. É fácil, para mim, sentir-me igualmente desqualificada quando Deus me chama de“embaixadora de Cristo”e me confia o ministério da reconciliação (veja 2 Coríntios 5.19-20). Quem sou eu para ter um título e uma tarefa tão elevados?
Mas a promessa da presença constante de Deus éo que nos permite desempenhar o papel e cumprir esse título. “O Senhor está com você”, disse o anjo a Gideão. “E eis que estou com vocês todos os dias”, diz Cristo a seus embaixadores (Mateus 28.20). A presença capacitadora de Cristo nos qualifica para fazer a obra de Deus no mundo.
 
Oração: Amado Senhor Jesus, com a garantida promessa da tua presença, nós alegremente servimos como teus embaixadores. Em teu nome. Amém.
Pensamento para o dia: Cristo me empodera para fazer a obra de Deus no mundo.
Oremos pelas pessoas que não se sentem qualificadas para servir a Deus.

| Marion Speicher Brown (Flórida, EUA)

Posts Relacionados


Deixe seu comentário:

=