SOCORRO EM ALTO MAR - 18 de outubro de 2019

Publicado em Mensagem da semana, por Redação no Cenáculo em 21/02/2020


18 de outubro (sexta-feira)
Leia o Salmo 12063

Na minha angústia, clamo ao Senhor, e ele me ouve. Salmo 120.1

Estávamos de férias em família, e, certo dia, eu, meu pai, meu irmão e meus primos resolvemos ir a uma praia diferente da que havíamos frequentado nos dias anteriores. Chegando ao local, fiquei na areia vigiando nossos pertences e esperando que um deles voltasse para que eu pudesse ir para o mar. O tempo foi passando, e nenhum deles havia voltado e já gritavam por socorro, mas eu ainda não havia ouvido, pois estavam muito longe. Até que meu irmão, em um de seus últimos suspiros, orou: Senhor, ajuda-nos. Nesse exato momento, ele me disse que eu olhei para o mar, e foi aí que ouvi meu primo gritando.

Enquanto entrava no mar para tentar socorrê-los, eu gritava pedindo ajuda, e um rapaz, que nadava muito bem, me ajudou e conseguimos tirar um por um. Ao sair da água, comentaram que já estavam ficando sem fôlego, e meu primo disse que era seu último grito. Deus esteve presente em todo tempo: ao me fazer ouvir o grito do meu primo, ao providenciar uma pessoa que também sabia nadar e ao dar forças para todos superarem seus limites naquele mar revolto e ao ouvir o clamor do meu irmão.

Oração: Senhor, agradeço-te pelo teu cuidado conosco, pois muitas vezes erramos e nos momentos de desespero nos lembramos de ti, mas tu nos ouves e nos socorres, pois és misericordioso. Não merecemos teu amor, mas tua graça para conosco é inigualável. Obrigado, Pai, por cada livramento que tu nos dás, e muitos até nem ficamos sabendo. Em nome de Jesus. Amém.

Pensamento para o dia: Continue clamando ao Senhor, clame com fé, pois ele está ouvindo você e sabe a hora certa de agir em seu socorro.

Oremos pelas pessoas que podem estar em situações de perigo neste momento.

Ramon Affonso Cabral (Petrópolis, RJ)


Posts Relacionados


Deixe seu comentário:

=