CURA - 15 de dezembro de 2019

Publicado em Mensagem da semana, por Redação no Cenáculo em 03/03/2020


15 de dezembro (domingo)
Leia o Salmo 118.1-14

O Senhor é a minha força e o meu cântico, porque ele me salvou. Salmo 118.14 O voo de dezembro para casa atrasou, foi longo e solitário, enquanto eu chorava a perda inesperada de meu irmão. Quarenta e um anos era cedo demais para morrer. Orei por força para enfrentar seu funeral e um Natal sem ele. Eu ainda tinha de enviar cartões e terminar as compras. Não havia decorado nem preparado nenhuma guloseima para meus netos. Eu só queria ir para casa e me esconder debaixo das cobertas – talvez para sempre.

Finalmente, cheguei em casa, depois da meia-noite. Olhei em volta, maravilhada. Minha filha e sua família tinham feito uma visita. Tinham deixado a casa limpa e brilhante, uma pequena árvore iluminada e, o melhor de tudo, nosso presépio de família. Centro de todas as nossas tradições natalinas, ele descansava em seu lugar habitual de honra – completo com o estábulo que meu marido tinha construído havia quase 35 anos. Cada figura estava lá. Ao me ajoelhar, embalando a figura do bebê Jesus em minhas mãos, senti como se o próprio Cristo estivesse me embalando em seus braços. Lágrimas de esperança correram pelo meu rosto. Eu sabia que dias dolorosos de luto ainda me aguardavam, mas também que meu irmão estava diante de Deus. Eu o veria novamente. Mesmo quando o luto substitui os cartões, biscoitos, enfeites e presentes, o Natal permanece, pois o Natal é o Cristo, que “é a minha força e o meu cântico, porque ele me salvou”.

Oração: Aba Pai, graças pela dádiva do teu Filho, pelo teu consolo na perda e pela esperança do céu. Em nome de Jesus. Amém.

Pensamento para o dia: Posso consolar os outros como Deus me consolou.

Oremos por gratidão por alguém que tenha nos ajudado.

Rhonda K. Maller (Indiana, EUA)


Posts Relacionados


Deixe seu comentário:

=