ATRIBUIÇÕES

Publicado em Mensagem da semana, por Redação no Cenáculo em 14/05/2020


atribuicoes-933-800x568.jpg

Leia João 5.19-24

   Eu nada posso fazer por mim mesmo; assim como ouço, julgo. O meu juízo é justo,
porque não procuro a minha própria vontade, e sim a daquele que me enviou.
(João 5.30)

   Depois de receber vários pedidos para participar de ministérios e projetos que eu achava que não estavam de acordo com o que Deus havia me chamado a fazer, minha amiga Ann me incentivou a escrever uma declaração de missão. Eu achava que as declarações de missão eram apenas para empresas, mas com o incentivo de Ann, escrevi três pontos que considerava essenciais para o trabalho que Deus me chamou a fazer. Agora, quando as pessoas me incentivam a me envolver em seus projetos, posso usar minha declaração de missão para me ajudar a decidir se eles se encaixam na designação que Deus tem para mim.
   Da mesma forma, Jesus tinha uma missão. Ele disse:“Eu nada posso fazer por mim mesmo […] não procuro a minha própria vontade, e sim a daquele que me enviou”. Embora poucas pessoas entendessem a missão de Jesus, ele permaneceu focado na obra que Deus havia lhe dado.
   Como Jesus, estamos todos em  missão.  Se  não  soubermos   qual é nossa atribuição, podemos pedir, e Deus nos guiará. Quando soubermos qual é nossa atribuição, poderemos permanecer focados em nossa missão.

Oração: Senhor amado, graças por nos confiares atribuições enquanto estamos aqui na Terra. Em nome de Jesus. Amém.
Pensamento para o dia: Qual é minha declaração de missão?
Oremos pelos amigos que nos encorajam.

| Mary E. Webb (Novo México, EUA)
 


Posts Relacionados


Deixe seu comentário:

=